Conheça 7 típicos sinais de trabalho de parto

Os sinais de trabalho de parto sempre acompanham a gestante que se permite sentir o início das “dores”. Como vocês vão perceber, nem tudo é baseado na dor, e sim em indícios… pistas!

Eu sei que existem diversos motivos para agendar uma cesárea e não vou entrar nos méritos dela agora, mas como falei no outro post sobre Esperar a hora do bebê nascer, tem sido uma campanha da Unicef com o intuito de que mesmo as cesáreas, aguardem pelos sinais de trabalho de parto, para então, realizar o nascimento.

É importante que a gestante saiba que o período a termo é classificado como o período de 37 a 42 semanas. E somente 3-5% dos bebês nascem exatamente na data prevista do parto. Estatísticas mostram que 40% das crianças nascidas duas semanas antes. Outros 40% dos bebês nascem duas semanas depois da data prevista para o parto.

Quais são os sinais de trabalho de parto?

1º Sinal de trabalho de parto – Aumento de Braxton Hicks contrações

contrações de braxton hicks

As contrações de Braxton Hicks são consideradas contrações de treinamento. As gestantes que tem a manifestação das contrações de Braxton Hicks, começam mais leves a partir do segundo trimestre. A medida que as semanas passam e o trabalho de parto se aproxima, elas começam a ficam mais intensas e dolorosas.

Mas nem todas as gravidinhas sentem esse sinal de trabalho de parto, por isso não se assuste se você não está sentindo, isso não significa que o seu trabalho de parto está longe, esse é apenas um dos sinais. Continue lendo para descobrir os outros sinais de trabalho de parto.

 

2º Sinal de trabalho de parto – Perda do tampão mucoso

O tampão mucoso é como se fosse um geleia pegajosa ou aquosa. Sua coloração pode variar de branco, rosa, vermelho ou até mesmo marrom. Ele existe para proteger o colo uterino de infecções, funcionando então como uma barreira protetora.

O amadurecimento do colo do útero começa a se acelerar, tornando-o mais fino, magro, esticado e mais flexível. Embora esteja passando por mudanças bastante drásticas, o colo do útero permanecerá fechado até que comece a se dilatar para o trabalho ativo.

Mas com essa pequena dilatação, o tampão mucoso pode começar a ser dissolvido parcialmente e/ou integralmente. E a saída dela, pode começar cerca de 15 dias ou até mesmo no dia do nascimento do bebê.

Os dois episódios aconteceram comigo. Na primeira gravidez, comecei a perder o tampão mucoso 15 dias antes do trabalho de parto ativo. E já na segunda gravidez, comecei a perder o tão mucoso, horas antes da minha filha nascer. Fonte: Mama Natural

 

3º Sinal de trabalho de parto de parto – Barriga baixa

sinais de trabalho de parto - barriga baixa

Ao chego no fim do terceiro trimestre, o bebê pode se instalar mais em baixo da pélvis da mães e esse fenômeno chamamos de barriga baixa. Muitas pessoas antigas costumam dizer que a barriga está baixa e que a data do parto está se aproximando.

Contudo, o fato da barriga baixar, não quer dizer que o trabalho de parto vai iniciar. Em mães de primeira viagem,, a queda geralmente ocorre 2 a 4 semanas antes do parto, mas pode acontecer mais cedo. Nas mulheres que já tiveram filhos, o bebê pode descer somente quando o trabalho de parto efetivamente começar.

Um dos sinais do trabalho de parto de que a barriga está baixa é que você conseguirá respirar melhor e que a azia já não é mais tão frequente. Isso porque os seus órgãos começam a ter mais espaço porque o bebê está mais perto da pélvis. Entretanto, há um aumento de pressão na bexiga fazendo com que você tenha o desejo de urinar com mais freqüência. Fonte: Web MD

 

4º  Sinal de trabalho de  parto – Ruptura espontânea da bolsa

sinais de trabalho de parto - rompimento da bolsa

Em cerca de 15-25% dos partos esse é o primeiro sinal de trabalho de parto nas gestantes. É o famoso “rompeu a bolsa”! E isso significa que o bolsa de líquido amniótico está vazando pela vagina.

Algumas gestantes relatam sentir uma sensação de ‘estalo’ quando acontece o rompimento da bolsa. Pode acontecer de você se confundir e ser uma perda a líquidos da bexiga. Acredite em mim quando falo, isso pode acontecer! Sim, uma grávida pode fazer xixi na calça e não ter vergonha disso. Isso porque a bexiga está imensamente pressionada pelo bebê.

Para você ter certeza que realmente estourou a bolsa, ficam algumas dicas:

  • Você não terá controle sobre o fluxo
  • Ao utilizar absorventes, ele é insuficiente para absorver o líquido;
  • O absorvente é trocado com frequência;
  • Não cheiro de xixi

Algumas gestantes costumam comparar o cheiro do líquido amniótico com o cheiro de sêmen. Se você sentir algo familiar, já sabe! É um dos sinais do trabalho de parto.

O líquido deve ser transparente ou até meio rosada. Contudo, se você perceber que a cor do líquido está verde, marrom ou qualquer outra cor, vá direto para a maternidade e avise seu médico.

5º Sinal de trabalho de parto – Contrações

contrações sinais de trabalho de parto

Quando as contrações estão regulares é um excelente indicador de que você está em trabalho de parto. Às vezes, as dores de contração irradiam de trás para a frente, ou vice-versa.

Você pode acompanhar a evolução das contrações, mas não precisa cronometrar. Sinta a intensidade, se elas estão leves e passam rápido, ainda não está em trabalho ativo.

Para cronometrar as contrações, você deve marcar quantos segundos existem entre o início e fim da contração. É também possível do tempo da distância, em minutos, entre uma contração e outra.

Quando as contrações tiverem cerca de um minutos de duração e de 3-5 minutos de intervalo é sinal de que você está entrando na fase ativa do trabalho de parto.

No início, as contrações tendem a serem irregulares e não há necessidade de alarde. Para evitar decepção desnecessária e correr para a maternidade logo nas primeiras contrações, espere o tempo certo. Vale a pena cronometrar e aprender como o seu corpo funciona nesses momentos.

E ainda é possível experimentar contrações sem que a sua dilatação evolua.

Sinais de que pré-trabalho de parto

  • Suas contrações são irregulares;
  • As contrações estão ficando mais fortes;
  • A mudança de posição, massagem, caminhar, comer ou beber alivia ou pára contrações;
  • As contrações são breves ou pode durar vários minutos.

Contrações de trabalho de parto ativo são:

  • Não parar ou abrandar, independentemente da posição e/ou massagem;
  • Seja em um padrão bastante previsível;
  • Torne-se mais perto;
  • Torne-se mais forte e intensa

6º  Sinal de trabalho – Diarréia

Seus músculos estão se afrouxando em preparação para os estágios do parto – não apenas no seu útero, mas também no seu reto. Alguns especialistas suspeitam que o esvaziamento de seus intestinos é a maneira da natureza de criar espaço suficiente para o bebê surgir.

A diarréia é uma parte comum e normal do processo pré trabalho de parto, então tente ir com o fluxo. Sim eu sei que é desagradável, mas significa que você está muito mais perto de conhecer seu bebê. Fonte: What to Expect

 

7º Sinais de trabalho de parto- Tremores involuntários

sintomas de trabalho de parto

Mesmo que você não esteja com frio, poderá experimentar calafrios ou abalos no início do trabalho de parto.

A mesma coisa pode acontecer durante ou após o nascimento, e pode ser assustador se você não tem certeza por que está acontecendo. E essa é uma maneira do seu corpo para aliviar a tensão e, geralmente, dura apenas alguns minutos.

Para minimizar, você pode fazer algo para relaxar, como respirar profundamente, tomar um banho quente ou ganhar uma massagem.

 

Esses são alguns dos sinais de trabalho de parto, pode ser que você sinta todos eles. Pode ser que você sinta apenas alguns deles. Pode ser que não seja nessa ordem que apresentei para vocês, fui me baseando nas sensações que eu tive, e os meus dois filhos pude experimentar sensações diferentes.

Você pode acompanhar os relatos de parto que tem aqui no blog para se inspirar com outras mulheres que contam quais foram os sinais de trabalho de parto que elas experimentaram. Desejo para você uma ótima hora e que Deus abençoe o nascimento do seu filho!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *