Parto humanizado, o que é isso?

O tema parto humanizado vem despertando cada vez mais o interesse das pessoas, seja por busca de informações ou por mera curiosidade e, para alguns é sinônimo de parto em casa, para outros, parto de cócoras, ou na água e por ai vai…

Parto humanizado não é um tipo de parto e sim um modelo de assistência que preconiza a participação ativa da mulher durante o processo de parto, no qual se enxerga cada mulher individualmente e onde neste cenário ela pode participar de escolhas informadas, como por exemplo a posição em que deseja parir, ou de que forma se sente mais confortável durante as fases do trabalho de parto e quais métodos de alívio da dor gostaria de usar.

parto humanizado
Foto: Pele a pele Mariana e Alice, parto em Jaraguá do Sul/SC –  Arquivo Pessoal

Segundo a obstetriz, Ana Cristina Duarte, o parto humanizado segue alguns preceitos como o respeito aos tempos da mãe e do bebê. Respeito ao protagonismo da mulher, compartilhamento de responsabilidades, onde equipe e parturiente conversam sobre as decisões acerca do parto, uso de condutas baseadas em evidências dentre outros. Alguns partos requerem intervenções e isto não descaracteriza o parto humanizado, e inclusive partos que evoluem para cesariana podem ter uma assistência humanizada, como por exemplo estabelecer contato pele a pele mãe/bebê, amamentação na primeira hora de vida e apoio contínuo durante este processo.

visita domiciliar
Foto: Visita domiciliar pós parto – Arquivo Pessoal

Qual a função da doula?

No cenário de humanização do parto entra a figura da doula, uma profissional treinada que tem por função favorecer o fortalecimento do casal para a vivência do parto, apoio informativo desde a gestação, e participação no cenário do parto dando suporte ao casal, auxiliando no alívio da dor com variadas técnicas e ainda apoio no pós-parto, e sua atuação é respaldada por um código de ética e seus benefícios são comprovados por estudos científicos.

Quais os benefícios do parto humanizado?

Dentre as vantagens do parto humanizado estão maiores índices de satisfação materna, menores índices de depressão pós-parto, possibilidade de vivenciar um parto fisiológico, mais facilidade de adaptação ao pós-parto; As condutas do parto humanizado são recomendadas pela Organização Mundial de Saúde.

Humanizar a assistência do parto significa resgatar o protagonismo da mulher e assim permitir que ela possa viver essa experiência da melhor maneira possível!

Mãe de Lina e Joana
Doula e Educadora Perinatal
Acadêmica de Enfermagem




Comente