Células-tronco: um potencial no dente de leite

Quando os dentes de leite da criança começam a ficar moles, logo lembramos da Fada do Dente. Ela é um verdadeiro incentivo para os pequenos fiquem amolecendo os dentes. Nós pais tentamos fazer com que essa experiência seja a mais tranquila possível. Eu descobri uma coisa que quero compartilhar com vocês, porque é muito interessante. Você sabia que dentro deles existe a polpa do dente e que ela é fonte de células-tronco?

Célula-tronco extraídas dos dentes de leite

Na parte interna está a polpa do dente que é composta por tecido vivo, vasos sanguíneos, nervos, contêm células-tronco mesenquimais multipotentes. Isso quer dizer que essas células têm a capacidade de se transformar em uma ampla variedade de tipos de outras células. Então, elas poderão ser utilizadas pela família (pais, irmãos, avós) e não apenas pelo doador para o tratamento de doenças degenerativas.

Para que as células tronco possam ser utilizadas, é necessário a extração correta e principalmente o armazenamento correto do material. O Centro de Criogenia do Brasil (CCB) informa que o material coletado será armazenado em nitrogênio líquido a uma temperatura constante de -196°. Essa baixa temperatura fará com que as células-tronco permaneçam em condições perfeitas para uso por tempo indeterminado.

Em média, as empresas que oferecem esse tipo de serviço em São Paulo, costumam cobrar o custo de R$ 2.000,00 iniciais. E mais ou menos uns R$ 400,00 pela coleta, multiplicação das células, e criopreservação. Fonte Folha de São Paulo.

A prevenção é o melhor remédio

Os estudos para a utilização das células-tronco ainda estão na fase inicial. É bom ter em mente que você pode pagar por um serviço que talvez nunca precise. Deus queira que não precise, não é mesmo?. E segundo a mesma matéria, a Anvisa alertou que apesar das empresas oferecerem o serviço de criopreservação, não podem prometer tratamento para nenhuma doença.

Mas quando a gente fala desse tipo de assunto parece coisa de país desenvolvido. Entretanto, essa tecnologia não apenas os grandes centros do Brasil. Jaraguá do Sul têm o privilégio de ter a Barra Odonto é credenciada ao CCB. Somente empresas credenciadas podem fazer a coleta do material. Portanto, A Barra Odonto poderá fazer a coleta correta do material e o envio para o laboratório do Centro de Criogenia do Brasil.

É importante agendar uma consulta para se informar. Para então saber como proceder quando o dente está começando a amolecer: agendamentos, coleta do material e o período adequado. Para mais informações ligue (47) 3376-4515.

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente