Baixas temperaturas – Como aquecer as crianças?

Ainda nem é inverno de verdade, mas as baixas temperaturas já estão fazendo casacos saírem do guarda-roupa e as crianças andam feito robozinhas aqui no Sul do Brasil. Simples atividades do dia a dia, são dificultadas pelo frio. Lavar a louça já não é tão mais gostoso e muito menos sair do banho.

Nesse post vou trazer dicas para encarar o frio com mais facilidade.

Troca de fraldas nas baixas temperaturas

Para quem tem bebê, dá dó de tocar eles com as mãos geladas. Então, antes de trocar as fraldas, minha recomendação se possível é esquentar a mão na água quente, ou até mesmo colocar um pano umedecido com água para aquecer no micro-ondas por uns 15 segundos.

Lenço umedecido aquecido

O Grupo FW criou um lenço umedecido que pode ser aquecido. A responsável química Dagmar Zimermann Machado  explica “a dica é que a mãe retire a quantidade desejada de lenços do pacote, mantenha-os dobrados, coloque em um refratário e esquente entre cinco e 10 segundos. É importante frisar que, como há diversas potencias de micro-ondas, é preciso verificar a temperatura antes de usar para evitar queimaduras. Outro cuidado: se aquecer e não utilizar, o lenço deve ser descartado e não se pode aquecer a embalagem toda.

Esses lenços umedecidos também podem ser utilizados por adultos. A vantagem dos lenços umedecidos aquecidos pode ser aproveitada também pelos adultos. “Os lenços demaquilantes, por exemplo, podem passar por esse processo, sempre tomando os mesmos cuidados”, conta Dagmar.

Algodão e água morna

Outra maneira de deixar o bumbum do seu bebê limpinho é utilizar água morna e algodão. Muitas pessoas recomenda a utilização desse material para evitar e/ou combater assaduras. Mas nas baixas temperaturas desse outono – inverno do Sul do Brasil, com certeza o bebê agradece.

Aquecimento do ambiente

Tirar a roupa para tomar banho vai deixar de ser tortura se você uns 10 minutos antes ligar um aquecimento interno. Existem várias opções de aquecedores de ambientes, alguns até tira a umidade do ar. Portanto, é preciso cautela antes de escolher o seu. Particularmente eu escolhi aquecedor a óleo, no qual temos controle da temperatura e ele é portátil.

É possível encontrar aquecedores com barras de quartzo, os termoventiladores (que funcionam de um jeito parecido com um ventilador, mas as hélices, nesse caso, espalham ar quente). Existem aquecedores cerâmicos e até modelos que fazem lembrar uma lareira, com chama virtual em 3D, que simula lenhas sendo queimadas. Para escolher o melhor para você, pesquise e siga as orientações de especialistas.

Cama quentinha

Depois de um banho gostoso e estar em um ambiente quentinho, nada melhor que deitar na cama e não sentir aquele gelado, não é mesmo? Existem lençóis térmicos que é possível instalar por debaixo do lençol comum e que irá aquecer a cama. Algumas marcas, você pode programar eles para aquecerem por um período e desligarem sozinhos!

Mas com criança, prefiro não arriscar. O método adotado lá em casa é colocar um cobertor por cima do lençol gelado. A Catarina não gosta muito de dormir coberta e assim é uma das maneiras que ela fica quentinha quando há baixas temperaturas lá fora. Mas mesmo ela não goste de cobertor, eu cubro ela todas as noites, vai que ela aprende a dormir coberta, não é mesmo?

Como que vocês fazem para driblar o frio por aí? Compartilhem conosco!

 

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente