Sling – Saiba os benefícios de utilizá-lo!

Mulheres orientais costumam utilizar esse método de carregar o bebê. O sling oferece diversos benefícios para mamãe e para o bebê. Ele também é uma maneira de praticar a teoria da exterogestação – teoria que diz que o bebê precisa de mais três meses para se desenvolver, mas que não conseguiria nascer se permanecesse dentro da mãe, pois ficaria muito grande.

Conheça mais sobre os benefícios que o sling pode trazer para o bebê e para você neste post!

Benefícios do Sling para o bebê

Os bebês recém-nascidos são inseridos em um mundo que eles não estão acostumados: cheio de luz, barulho  estranhos e seco. Isso pode ser um tanto assustador para eles, e o fator de estresse pode ser um dos motivos que os bebês desenvolvem cólicas.

Por isso, bebês que são carregados no sling se sentem seguros, pois estão em contato direto com a progenitora deles. Eles ficam acomodados perto do coração e conseguem sentir e ouvir o barulhinho familiar. Além disso, ao serem carregados para lá e para cá com o sling, faz com que eles sintam a movimentação e o balanço familiar do útero.

Então, consequentemente dessas lembranças, os bebês choram menos, são mais saudáveis e conseguem ganhar peso mais rápido do que bebês que não são transportados dessa forma. Além disso, melhora sua habilidade motora e coordenação, tônus muscular e senso de equilíbrio. ¹

Bebês amam o balançar do colo da mãe, se sentem quentinhos e aconchegados, por isso, dormem melhor e tem um sono melhor e mais profundo. Eles também aprende mais e tem uma melhor visão do mundo.²

Eles também estão mais perto da fonte de alimentação, permitindo que sejam amamentados em livre demanda. Isso facilita o seu ganho de peso.

Benefícios do sling para a mamãe

sling amamentação

Carregar o bebê no colo pode trazer muitos benefícios para a mãe também. Mães de primeira viagem tendem a ter maior insegurança com relação aos cuidados com o bebê recém-nascido. O sling tende a facilitar a vida da mãe em diversos aspectos.

Melhora a comunicação entre mãe e filho, a mãe aprende a reconhecer mais facilmente as expressões faciais do bebê. Isso ajuda a identificar as necessidades dele como fome, sono, dor, etc.

Uma vez que a mãe aprende a identificar e conhecer os sinais dos seus filhos, faz com que se sinta mais segura, mais auto confiante ao tomar decisões na hora de cuidar deles. A mãe calma e tranquila, transmite essa serenidade para o bebê, consequentemente ele se tornará mais calmo, tranquilo e seguro.

Sling é pratico e leve. Você não precisa carregar o peso do bebê conforto ou carrinho de bebê para lá e para cá, convenhamos, as calçadas não ajudam! Isso facilita sua locomoção, em qualquer lugar, seja na rua, no shopping, etc.

Lembro de uma vez que fui no shopping de carrinho com meu filho mais velho. Pessoas que não precisam de acessibilidade utilizavam o elevador (que só tinha um) e lotavam, tive que ficar esperando algumas idas e vindas até conseguir circular pelo shopping. Resumindo, parei de frequentar o shopping, desgaste emocional e físico.

O sling também auxilia na amamentação em livre demanda, você não precisa de um lugar especial para amamentar, pois seu bebê pode mamar ali mesmo! – Amamentação discreta sem necessidade de buscar um lugar apropriado para sentar.

As mãos estão sempre livre. Você consegue ir ao supermercado e carregar as compras na mão. Pode escolher os produtos com facilidade. Sem contar que utilizar o sling te incentiva a caminhar, uma vez que o bebê ama fica aconchegado em você e normalmente dorme tranquilamente.

Fontes Citadas
*¹. “Current knowledge about skin-to-skin (kangaroo) care for pre-term infants”. J Perinatol. 1991 Sep11: The Importance of Skin to Skin Contact.
*². Whiting, J. W. M. (1981). Environmental constraints on infant care practices. In R. H. Munroe, R. L. Munroe & B. B. Whiting (Eds.), Handbook of cross-cultural human development, New York: Garland STPM Press.

Inspiração do site: Slingando

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!
Comente