Educação de filhos: Ensina a criança no caminho em que deve andar

Um dos assuntos que mais me preocupo é como educar os filhos em mundo cheio de transformação. A verdade é que criamos nossos filhos muito pela própria intuição, algumas dicas incorporamos de outras mães e até mesmo da internet né! Mas por incrível que pareça, educação de filhos não está entre os temas mais populares de pesquisa, por exemplo, no Google Trends mostra que o termo “sintomas da gravidez” é muito mais pesquisado.

Parece que não sabemos até que ponto podemos segurar as rédeas e quando devemos soltá-las. Não recebemos nenhuma instrução especial sobre esse assunto e quando recebemos, tratamos de logo cortar o aconselhamento, dizendo que o filho é nosso e criamos do nosso jeito.

Parando para pensar, fica difícil, hein?!

Apesar de não existir uma fórmula mágica para criar filhos,  podemos recorrer ao manual da vida que é a Bíblia Sagrada. Alguns podem até considerar bobagem, mas Deus deixou um padrão equilibrado inclusive com relação à criação de filhos.

 

I – Educando através do exemplo

educação pelo exemplo

Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. 1 Timóteo 4:12

Quem nunca ouviu aquela frase: “Faça o que eu falo, mas não faça o que eu digo”. Esse dito popular não funciona em casa e muito menos quando o assunto é a educação de filhos.

Com a chegada das crianças, nós adultos somos os primeiros a passarem por uma espécie de mudança e transformação de pensamento e valores. Queremos o melhor para os nossos filhos e por isso precisamos repensar alguns conceitos, palavras, lugares e etc.

O que antes do filho parecia óbvio e tranquilo, já podemos considerar inapropriado para eles e por isso nos afastar.

Ao seguir a palavra de Deus, encontramos o exemplo de Jesus. Ele era o que ele dizia ser. Ele fazia as coisas que ele dizia para os discípulos deveriam fazer. Quer ensino melhor?

Os americanos tem um método de aprendizagem: Tell – Show – Try – Do. O conceito é baseado em Falar – Fazer/Mostrar – Tentar – Fazer. Assim a criança irá aprender pelo que a gente diz e faz, melhor ainda pois estaremos incentivando para que elas tentem por si próprias e com nosso auxílio para depois terem a autonomia de fazer sozinhas.

II – Educando com disciplina

educação de filhos

Disciplina é uma palavra um tanto forte para os dias de hoje, não é mesmo? Não sei se lembra-nos, indiretamente, da época das ditaduras e da rigidez do sistema. Mas sendo uma boa palavra ou não. A disciplina é essencial para formar crianças seguras de si.

Mesmo que a sociedade nos tente impor que as coisas são normais e liberais, devemos manter as rédeas firmes em nossos pulsos. “Lembra-se da mãe falando: “Você não é todo mundo”, “ Se o vizinho se atirar da ponte, você também vai?”e muitas outras frases que ouvimos quando nós éramos crianças.

Paulo falando sobre ele mesmo diz que “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém” (I Coríntios 6:12-13)

1. O que a Bíblia nos ensina sobre a disciplina de filhos?

  1. Disciplina significa treinamento para agir de acordo com regras estabelecidas. Os filhos precisam aprender que em todos os segmentos existem regras, normas, horários que devem ser cumpridos.

    “A insensatez está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela”. Provérbios 22:15

  2. Disciplina significa correção:Quem ama, educa, já dizia o Içami Tiba. Educar é mostrar o caminho e que muitas vezes precisa ser corrigido a rota, para que o fim seja de alegria, paz e bondade.

    Quem se nega a disciplinar e repreender seu filho não o ama; quem o ama de fato não hesita em corrigi-lo. Provérbios 13:24

  3. Disciplina significa imposição de limites: Qualquer liberdade sem limite é prejudicial. É preciso que se estabeleçam limites, e que estes sejam reconhecidos por todos.

    Como a cidade com seus muros derrubados, assim é quem não sabe dominar-se. Provérbios 25:28

  4. Disciplina tem resultados positivos. A educação de filhos que tem uma correta e firme disciplina trará sabedoria aos filhos e descanso aos pais.

    A vara da correção dá sabedoria, mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe. Quando os ímpios prosperam, prospera o pecado, mas os justos verão a queda deles. Discipline seu filho, e este lhe dará paz; trará grande prazer à sua alma.Provérbios 29:15-17

2. O mau uso da disciplina.

Quando os pais dão ordens aos filhos e não esclarecem suas razões, quando são incoerentes, exagerados; quando agridem, espancam os filhos, estão sempre em discórdia e disciplinam os filhos sem motivo, esse mau uso da disciplina poderá vir a formar filhos desrespeitosos e revoltados.

III – Educando filhos para Deus

educação de filhos cristãos

Para que haja uma boa educação de filhos é preciso que marido e mulher concordem com os princípios que serão aplicados. Isso não quer dizer que ambos precisam levar a Bíblia como verdade absoluta de suas vidas. Sabemos que em muitos lares, somente um entregou seu coração à Deus.

De qualquer forma, o diálogo e a comunicação deve haver entre o casal para que a criança não fique em dúvida. Mulher seja sábia. Não compre brigas com seu marido, coloque seu joelho no chão e peça a intervenção de Deus.

Uma boa educação de filhos resultará em um caráter forjado sobre valores eternos. Muitos livros são escritos sobre o tema, mas nenhum é tão completo quanto a Palavra de Deus sobre o tema. Utilize-a para criar um ambiente sadio para sua família e consequentemente para a sociedade.

Não ceda às más pressões externas. As novelas estão cheias de conteúdos que deturpam a sociedade. Não aceite que esse tipo de material entre em seu lar.

Peça ajuda à Deus que Ele irá te ajudar. Ele dá sabedoria para ensinar seus filhos no caminho em que devem andar e por isso, seja responsável e procure agir da seguinte forma: Por isso, os alvos dos pais devem ser coerentes com os alvos de Deus.

Educação de filhos segundo a Palavra de Deus: 

Levam seus filhos à casa de Deus e os apresentam ao Senhor.

Ana, preocupada com a crise ministerial de seus dias, e pelo fato de não ter condições de gerar filhos, orou insistentemente ao Senhor, 1Sm. 1: 11. Quando seu filho, Samuel, nasceu, foi rapidamente apresentado a Deus em cumprimento do voto feito por sua mãe, e tornou-se um dos maiores vultos da Bíblia Sagrada, 1Sm. 1: 26-28.  Assim também, José e Maria fizeram com Jesus.

E, quando os oito dias foram cumpridos, para circuncidar o menino, foi-lhe dado o nome de Jesus, que pelo anjo lhe fora posto antes de ser concebido. E, cumprindo-se os dias da purificação dela, segundo a lei de Moisés, o levaram a Jerusalém, para o apresentarem ao Senhor (Segundo o que está escrito na lei do Senhor: Todo o macho primogênito será consagrado ao Senhor); E para darem a oferta segundo o disposto na lei do Senhor: Um par de rolas ou dois pombinhos.Lucas 2:21-24

Ensinam aos filhos a Palavra de Deus:

Para que o ensino seja eficaz é necessário que esta Palavra esteja, primeiro, no coração dos pais. Para que as crianças sejam ensinadas continuamente seja indo para a escola, brincando no parque, tomando banho ou fazendo as refeições. Em todo tempo, podemos ter a oportunidade de falar da palavra de Deus.

Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Deuteronômio 6:5

Testemunham dos feitos de Deus

Aprenda a reconhecer os pequenos milagres de Deus na sua vida, e ensine seus filhos a verem esses milagres acontecendo na vida deles também. Falar sobre o que Deus tem feito é uma maneira de estimular os filhos a crerem no poder de Deus.

Não os esconderemos dos nossos filhos; contaremos à próxima geração os louváveis feitos do Senhor, o seu poder e as maravilhas que fez. Salmos 78:4

 

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!