Dormir de conchinha com o filho é muito bom

Dormir de conchinha com a mãe é muito bom, não é? Dos meus 5 anos até meus 18, dormia com minha mãe, na mesma cama, e sempre assim: de conchinha, me sentia protegida, ela esquentava os meus pés e era nosso momento. Lembrando disso outro dia… resolvi fazer o mesmo com meu filho!

Por diversas vezes tentei fazer com que meu filho dormisse em seu berço. Afinal de contas, compramos para usar! Não digo que o berço tinha espinho, contudo, não parecia lhe agradar. Mas como ele chorava muito de noite, sempre ia para o quarto dele e o colocava dormir de conchinha comigo na cama de solteiro. Eu era o escudo dele, para que não caísse da cama.

Dessa forma, ele dormia bem!

Dormir de conchinha com os filhos

Confesso que não foi fácil, muitas pessoas são contra ao fato do filho dormir com os pais.

Mas depois de muitas lutas internas contra a cama compartilhada, resolvi deixar meu filho dormir comigo. Tem um pesar: ele se amontoa e me sufoca de noite. Mas tirando isso, quando eu fico abraçadinha com ele, cuidando do soninho dele, é demais de gostoso.

Percebi que quando ele dormir perto de nós era muito mais tranquilo o sono dele. Mais tarde é que fui compreender sobre a exterogestação e que o bebê se sente inseguro nos primeiros meses de vida.

Aliás, descobri tarde demais isso. Até descobrir foram noites e noites em que eu fiquei acordada e passei o dia com sono e cansada. Meu marido compreendeu que era melhor uma noite bem dormida, independente do lugar que se dormisse do que ter trÊs zumbis mal humorados pela casa.

Descobrirmos que o fato de dormir de conchinha com o filho ele se sente muito mais seguro e tranquilo e por isso consegue dormir uma noite inteira sem acordar várias vezes.

A parte boa é que de manhã tem sempre uma festa na cama! Ele já acorda cheio de deliciosos “mamães”…

Com a energia abastecida, logo ele já quer brincar de bola ou desenhar. Acorda sempre com bom humor e tem sido uma benção acompanhar todo o crescimento e desenvolvimento dele, algo que somente Deus poderia ter provido mesmo.

Mas para que haja pique suficiente durante o dia, foi a maneira que encontramos para fazer com que as crianças (porque agora são dois) passassem a dormir melhor e nós também!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

4 thoughts on “Dormir de conchinha com o filho é muito bom

  1. Tah says:

    Oi Karin,

    Aqui a cama é compartilhada desde que somos só eu e ele, qdo era casada, praticamos um tempo, depois ele foi pro berço, mas logo que separei trouxe ele pra dormir comigo.
    Foi a melhor coisa que fiz, antes ele mamava algumas vezes a noite, era pratico pq ele era pequenino, e ele ao meu lado não estressava nenhum dos dois, ai agora ele maiorzinho dorme a noite toda (quase todas as noites…rs..) mas acorda todo animado, sorridente.

  2. Fanny says:

    =) tudo de bom!!!
    Meu filhote têm outro rito, ele fica na cama dele até as 5hs, depois vem e dorme entre eu e o pai.

    E logo ao acordar diz “Mãe sabia q ti amo”, existe bom dia melhor que esse??!

  3. Kelly says:

    🙂

    lembrei disso também!
    que bom ver que vc mudou de idéia!!!
    transmita segurança pro teu filho que ele só te trará mais alegrias!
    beijos beijos beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *