Alfabetização da criança – Pré requisitos para que ela aconteça com sucesso

A alfabetização da criança é algo que gera grande expectativa dos pais. Quando meu filho vai começar a ler a escrever? O interessante é que quando a criança é exposta a uma determinada atividade constantemente ela irá criar habilidades para resolver aquele problema. Isso vale para jogos em celulares, desenhos animados e leitura.

O desenvolvimento cognitivo é capacidade de a pessoa processar informações, recursos conceituais, habilidade perceptiva e a aprendizagem de línguas. Estimular o desenvolvimento cognitivo da criança não precisa esperar pela escola. Os pais podem começar esse processo em casa com jogos e brincadeiras.

Contudo, para que a alfabetização da criança aconteça com sucesso, além do estimulo em casa é preciso que a criança desenvolva certas habilidades até estar madura o suficiente para esse processo. Portanto, veremos alguns pré-requisitos e habilidades necessárias para que a criança tenha sucesso na sua formação.

Pré-requisitos para alfabetização da criança

alfabetização da criança

Para que a alfabetização da criança aconteça é importante que ela tenha domínio de alguns pré-requisitos antes de ser efetivamente alfabetizada. A criança precisa ter pleno domínio da linguagem oral, reconhecer a linguagem escrita para daí então aprender a ler e escrever.

A fala é algo naturalmente desenvolvido na criança. É instintivo. Desde muito cedo ela já começa a emitir sons e aos poucos esses sons vão se tornando palavras. Um dos fatores muito importante para o desenvolvimento da fala da criança é o fato dos pais conversarem com elas. Exemplo bem simples como durante o banho falar as partes do corpo dela, ou, enquanto a alimenta ir falando os nomes dos alimentos que ela está ingerindo.

A partir do seu segundo ano de vida, a criança começa a compreender melhor a linguagem escrita. Ela entende que os desenhos podem ser associados a sons e a imagens. Ela também começa a contar, mesmos em saber a ordem numérica correta.

São atividades simples do dia-a-dia que irão facilitar a alfabetização da criança. Existem jogos educativos que ensinam as letras de forma lúdica para as crianças. Você pode aproveitá-los para se conectar com o seu filho e ao mesmo tempo ensinar as letras brincando.

Habilidades necessárias

Quando a gente pensa no alfabeto chinês, vemos apenas riscos e rabiscos, mas para quem conhece o alfabeto consegue compreender o significado do que está escrito. O princípio é o mesmo para a criança, ou seja, as letras são apenas rabiscos e desenhos engraçados. A criança precisa aprender que a simbologia pode e tem significado.

Então, obviamente, para a alfabetização da criança ela precisa ter conhecimento prévio o alfabeto. A criança que é estimulada em casa através de brincadeiras terá mais facilidade na hora que estiver sendo alfabetizada na escola, pois as letras e números não serão um mistério para ela.

Você pode ensinar o nome, as formas das letras e até mesmo o som, pois essa é a base da alfabetização.

Além do conhecimento do alfabeto é preciso que a criança tenha a consciência fonológica, que é a habilidade de prestar atenção no som e conseguir manipular ele. Há algumas crianças que na fase de aprendizado da escrita costumam escrever as palavras todas juntas. Isso pode acontecer porque ela ainda não desenvolveu por completo sua consciência fonológica. Essa habilidade permite a criança compreender que há espaço entre uma palavra e outra.

Aos poucos a criança começa a brincar com as palavras e criar consciência de que elas são separadas. Depois na alfabetização da criança irá compreender que cada palavra pode ser dividida em rimas, sílabas e fonemas. Uma criança alfabetizada passa perceber os limites entre as palavras dentro de uma frase falada.

Sem pressão: dê tempo ao tempo

A expectativa para ler e escrever existe, principalmente por parte dos pais. Seu filho não precisa e não deve se sentir pressionado para aprender a ler e escrever. Ele precisa se sentir amado por ser quem ele é.

O estímulo de aprendizado não deve ser em excesso e se a criança não estiver muito afim. Vale ressaltar que no período de ensino fundamental as coisas mudam um pouco e estudar deve ser a prioridade número 1 dela. Estamos falando de crianças que ainda não estão alfabetizadas e como ajudá-las a aprender a cada dia esse mundo mágico das letras.

Ler para a criança tem diversos benefícios e é uma das maneiras mais ricas de estimular o seu desenvolvimento cognitivo. Ajuda a ampliar o vocabulário, capacidade imaginativa e também uma maneira deliciosa do seu filho desfrutar da sua presença. Além disso, uma dos primeiros passos para que a alfabetização da criança aconteça de forma tranquila e prazerosa para ela.

De que maneira vocês ensinam as letras para as crianças? Compartilhem suas experiências nos comentários abaixo 🙂

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!