Educação e amor caminham juntos

Por volta dos dois anos de idade a criança se encontra na adolescência para bebês, também conhecida como a fase do “terrible two”. Essa fase é caracterizada também pela teimosia, pois eles estão aprendendo sua independência e testando os seus limites. Mais do que nunca, eles precisam de nós para os guiar nesse caminho de descobertas, entre o pode e não pode. Demonstrar que a educação e amor caminham juntos é responsabilidade dos pais.

A teimosia muitas vezes é percebida em momentos que eles estão tentando realizar algo por si próprios, já reparou? Na hora de escovar os dentes, de fazer uma refeição e até mesmo na hora de colocar sapatos e roupas. Para essa fase é necessária dose extra de paciência, o que nem sempre é possível (principalmente quando você está atrasada para um compromisso, não acha?).

A independência como caminho de aprendizado

Além do que eles não vão conseguir leva toda comida à boca sozinhos e muitas, muitas vezes vai cair comida pelo cadeirão e pelo chão e por isso vai ser preciso limpar (interrompendo qualquer plano que você tinha programado para realizar após aquele instante), deixar que eles tentem escovar os dentes sozinhos mas falar que vai finalizar a escovação. Eu sei que essa vontade deles de fazer tudo sozinhos pode ser estranho, contudo, eles são muito espertos e aprender rapidinho.

O aprendizado é constante nessa fase e por isso vão testando os seus limites: sobem sofás, escalam guarda-roupas, mexem em tudo e etc. Dessa forma, eles vão entendendo o que pode ou não. Se você avisa que um objeto pode quebrar e ele se machucar, talvez não entenda de primeira. Entretanto, na tentativa erro, tentativa acerto, vai pegando o jeito da coisa. Outro dia estávamos tomando café na dinda da Catarina e ela olhou para o café e disse “quente”, ela foi avisada que ali tem café e está quente. Portanto, posso concluir que ela compreendeu a mensagem sem se machucar (espero que continue assim!).

A firmeza na hora repreensão deve ser mantida quando é prometido algo para a criança

Contudo, pequenos maus comportamentos não devem ser deixados passar em branco. É preciso explicar para a criança que aquele tipo de comportamento não é adequado, ou é perigoso. Se ela repetir irá para o cantinho do pensamento, por exemplo. 1 – Avisada; 2 – pensar; 3 – retirar algo que ela se importe. Toda ação tem uma consequência e isso é importante deixar claro para a criança.

 

educação e amor

 

6 maneiras de demonstrar amor pelo seu filho na hora da educação:

  • Amar é saber respeitar que eles estão crescendo e adquirindo novas habilidades.
  • Estimular o comportamento da independência e criatividade;
  • Ser firme quando discipliná-lo (sem ser agressivo);
  • Demonstrar amor através de gestos e palavras afetivas;
  • Reconhecer que você como pai pode ter errado, pedir desculpas e não repetir aquele erro. Afinal de contas, ensinamos pelo exemplo.
  • Dar atenção aos seus filhos > olho no olho;
  • Estreitar o seu mundo com o dele através de suas histórias pessoais.

 

 

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!