Vídeo Patrocinado – Lifebuoy

 

Sou daquelas mães que sempre pensou que quando tivesse filhos deixaria livre para brincar a vontade! Nunca fui restrita, deixei engatinhar pela casa (claro que sempre procurei deixar o ambiente limpo… e como vai álcool lá em casa desde então!!).

 

Mas ao mesmo tempo que incentivamos o pequeno a brincar, pegamos no pé com a higiene: lavar as mãos e escovar os dentes. E quando manifesta o “do contra” entram os “bichinhos”. A velha historinha dos bichinhos que vão deixar o dente preto ou então que pode dar dor de barriga se não lavar as mãos.

 

Nós sabemos o que são cáries e micróbios mas falar de algo invisível aos olhos dele exige um tanto de criatividade. Na verdade, uma grande parte das doenças infecciosas nós podemos evitar simplesmente pelo fato de lavar as mãos nas horas “certas”. E eu tive uma pequena ajuda da Lifebuoy para descobrir estas horas “certas”:

Quando lavar as mãos

Existem vários ambientes do seu dia a dia em que você entra em contato com germes. Se você não lavar suas mãos corretamente, poderá passar os germes para outras pessoas – ou até para si mesmo, ao tocar os olhos, boca, nariz ou machucados em seu corpo.

Portanto, é importante se certificar que você e seus filhos se lembrem de lavar as mãos com água e sabão:

  • Depois de tossir ou espirrar
  • Depois de ir ao banheiro
  • Depois de mexer em animais
  • Ao preparar, servir ou comer refeições (especialmente carne)
  • Antes e depois de estar com alguém doente
  • Quando tiver saído em lugares públicos ou lotados
  • Depois de chegar em casa do trabalho ou da escola
Fonte: Lifebuoy

 

Pode ser bobo ou irrelevante falar sobre um assunto tão rotineiro, contudo, às vezes esquecemos a importância. Olha só a lista das doenças infecciosas que podemos evitar: “Os microrganismos mais comuns transmitidos pelo contato das mãos são: Escherichia coli., H1N1, Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus epidermis, Streptococcus pyogenes, que estão relacionados com a transmissão de algumas doenças, tais como: diarreia, infecção estomacal, gripe, infecções respiratória, infecções de ouvido,  infecção de pele e dor de garganta 8. ” Fonte: Unilever Healthy Institute (recomendo a leitura completa!)
*** Só pra lembrar, possível ligar legendas em português no vídeo, no botão CC!!!

Eu fiquei espantada ao assistir o vídeo. Particularmente eu não fazia idéia das condições precárias e que tantas crianças morrem pela falta de conscientização. Depois do vídeo, lavar as mãos deixou de ser bobo, não é mesmo? Uma criança fazer 5 anos… se tornou algo muito mais que especial. É um marco!

 

Claro que o post é patrocinado, mas isso não me impede de pesquisar: a Lifebuoy é uma empresa muito sólida no mercado, seus produtos tem base científica e realmente funcionam, eliminando boa parte dos microorganismos nocivos à saúde. Com certeza temos uma grande aliada na promoção da higiene mundial. Vocês sabiam disso tudo? Nem eu!

 

Brincar faz mais do que bem para nossas crianças, além de gastarem energia, se tornam amantes da natureza e muito mais saudáveis. Agora, criança limpinha, cheirosa e protegida… É muito bom também!

 

Ajudem a espalhar essa notícia. Quanto mais pessoas souberem da importância real de lavar as mãos, com certeza estaremos ajudando muitas crianças ao redor do mundo.

 

Beijinhos
Karin

* Este post foi patrocinado pela Lifebuoy

 

Se você gostou deste post, talvez queira ler mais:

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente