Viajando com as crianças!

 

Pensei em começar a falar sobre A criança de 3 anos que temos lá em casa… mas daí eu lembrei que tenho mais uma de 29 anos… hahahah…. maridão que me perdõe 😉

Brincadeiras a parte… viajar, quem não gosta?

Pelo menos lá em casa já até acostumamos a arrumar as malas! Praia era sempre o destino mais pedido e fácil, enquanto minha mãe morou na praia, agora ela está no interior e leva 3 horas e meia pra chegar lá… ou seja… o pequeno já tem o destino marcado das férias de inverno: comer muito pinhão pertinho do fogão a lenha… hmmm! 🙂

Recentemente tivemos que fazer duas viagens a trabalho: a primeira foi Curitiba – 3 dias. E a outra foi à Balneário Camboriú.

Viajar a trabalho com os filhos, requer mais jogo de cintura do que pode se imaginar…

Em Curitiba, ficamos hospedados no Ibis Bouget, que tem uma estrutura super simples, tudo você compra a parte, inclusive a internet! O pequeno ficou sobre os olhos da avó um dia e os outros dois, aos cuidados da dinda importada da Venezuela, vulgo – minha irmã… kkkk

Nossa sorte lá que o shopping Estação ficava pertinho… entretenimento de sobra. Tem aqueles playground que nós adultos tenho certeza que faria a maior festa…

Pra quem não conhece Curitiba, aconselharia dar um pulinho nesse shopping, porque “Localizado anexo à antiga estação ferroviária de Curitiba, no bairro Rebouças, o Shopping Estação teve sua arquitetura projetada para manter a concepção original da antiga construção, integrando o antigo e o novo com perfeição, valorizando a iluminação natural e os jardins internos.” E pra ter mais informações basta clicar no link ali em cima que já deixei disponível.

Eu adoro esse shopping… além de ser super bacana, nós temos uma história que vai ficar marcada, a 3 anos a trás mais ou menos estivemos nesse mesmo local e foi quando o Cauê começou a engatinhar! 😉

Voltando ao assunto…

Na verdade ter minha mãe e irmã pra cuidar do Cauê durante esses dias foi fundamental, pudemos aproveitar os ensinamentos do treinamento que fomos com tranquilidade porque sabíamos que ele estava super bem amparado em todos os quesitos… e foi bom tê-lo por perto pra que pudéssemos dar aquele “chero” e não ficar com tanta saudade!

Ele… adorou ir dormir no hotel! Achou o máximo, que quando falamos dele ir ao outro evento também num hotel…ficou encantado!

 

Em Balneário Camboriú, não contamos com nenhuma ajuda. E como meu marido precisava dedicar 100% da atenção dele ao evento, pois estava cuidando do multimídia, eu fiquei encarregada do entretenimento => PRAIA!!! 🙂

Só que a mãe esperta aqui, levou o necessário pro pequeno se divertir e esqueceu dela… ou seja, estávamos na praia e eu de calça jeans…. Mas ele aproveitou um monte, fez castelinho, enterramos os pés na areia, corremos… deu pra cansar um pouquinho e se divertir de montão!

Ficamos hospedados no Sibara Flat Hotel, esse hotel é mais completo, pra quem não tá afim de gastar muito, tem a opção do flat que você pode cozinhar e tudo mais, e tem apartamentos digamos “normais”. Possui piscina, que não aproveitamos porque tava frio, restaurante super gostoso e eu particularmente gosto do atendimento.

Com certeza nosso filho adorou também ter tido essa oportunidade… viajar a trabalho exige que se concentre em algumas coisas, mas poder desfrutar as vezes de um pouquinho com eles, torna a viagem muito mais gostosa.

O grande negócio de quando vai viajar é ter em mente a rotina do filho e ter mais ou menos noção das distâncias das praças de alimentação! Lanchinhos são primordiais e quebram aquele galho quando o trânsito não ajuda… hehehe

Importante também é fazer check list, pra não acontecer o que aconteceu comigo… hehe

 

E vocês, costumam viajar com seus pequenos? Como foi a experiência? Qual a história mais bizarra que aconteceu? heheeh

 

Beijos

Karin

 

Se você gostou deste post, pode querer ler mais:

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

2 thoughts on “Viajando com as crianças!

  1. Silvia Duque de Souza says:

    Oi Karin. Nunca tive problemas com o Heitor em viagens curtas (1h de carro ou de avião). O problema é nas viagens longas, que são comuns devido a minha localização geográfica (6h a 8h horas de avião, aeroporto lotado etc). Por conta disso decidimos não mais viajar em feriadões e épocas festivas (Natal, por exemplo). Nós conseguimos contornar a situação, mas o mais estressante é o comportamento de certos adultos que parecem que esqueceram o q é ter criança pequena e olham até o menor choramingo com cara de reprovação.

    • Karin says:

      Ai guria…
      Nossa quando fui pra Paris, juro que ficava com dó dos pais… porque não é fácil, a gente que tem filhos, sabe como é!
      Me colocava no lugar delas… tem horas que simplesmente não tem o que fazer né.

      Que bom que vocês encontraram a melhor maneira pra contornar as viagens… pena que no Natal é tudo congestionado né. Nada de encontrar os parentes nessa época!!!
      hahaha

      Obrigada pela participação! 🙂
      Beijos

Comente