Teste de gravidez

teste_gravidez

 

Eu não consigo imaginar uma mulher na face da terra que nunca ficou aflita com um atraso menstrual! Os dias passam, sintomas de gravidez aparecem ou é coisa da nossa cabeça? A ansiedade aumenta e a pergunta que não quer calar: “Será que estou grávida?” cisma em martelar na cabeça. Até que finalmente nos rendemos e fazemos o teste, de farmácia mesmo, só para desencargo de consciência.

 

Mas quando a dúvida surge e o resultado do exame aparece, muitas podem se perguntar: “Será que é verdade mesmo?” Tanto para o positivo quanto para o negativo, tudo depende da mulher que está fazendo o exame. Pode ficar feliz ou triste, se realmente estava esperando engravidar. E o contrário também vale: pode ficar feliz ou triste se não estava querendo engravidar! Não é mesmo? Ufa! ou Eba! Podem surgir nesse momento, depende de cada uma! 🙂

 

Pesquisando na internet descobri que há testes de gravidez de farmácia que custam desde R$ 5 até R$50. O mais interessante que os testes não tem mais ou menos precisão de acordo com o preço. A probabilidade de estar certos varia entre 95% e 99%. O que importa é quantidade do hormônio HCG na urina. Todos os testes têm o mesmo princípio: detectar o HCG. “É a placenta do embrião que libera o HCG. A substância tem a função de estimular o ovário a manter a produção de outro hormônio, a progesterona, necessário para a continuidade da gravidez. Somente quando o embrião gruda na parede do útero é que o HCG é liberado. Quando isso acontece, a mulher está grávida”, afirma Alexandre Pupo Nogueira, ginecologista e obstetra do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo. (Fonte: Uol Mulher)

 

Algumas coisas são importantes na hora de comprar o teste de gravidez: observar se tem o selo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e com o número de registro do Ministério da Saúde. Segundo é observar se o produto esta devidamente lacrado, pois qualquer entrada de ar pode interferir na qualidade do teste e comprometê-lo. E terceiro, mas não menos importante, a data de validade.

 

Há duas configurações ou modelos de exames:

  • Um recipienta com um fitinha: Para realizar o teste é preciso fazer xixi no potinho e depois mergulhar a fitinha até a indicação e esperar pelo tempo que o fabricante do produto diz. Duas listrinhas significa positivo. Uma listrinha significa negativo.
  • Caneta-bastão: Para fazer o teste basta apontar o xixi em direção da caneta-bastão e esperar pelo resultado. Mais prática porque não precisa do recipiente e também ou pouquinho mais cara.

Mais importante é ler as instruções que seguem junto com os exames, normalmente, são ilustradas e bem fáceis de entender. Há testes que só podem ser feitos na primeira urina da manhã e outros não. Por isso, leia a bula! 🙂

 

Especialistas recomendam que o teste de gravidez seja feito somente após 10 dias de atraso  menstrual, podendo ser feito logo após o primeiro dia. Eles explicam que os 10 primeiros dias e o período que o óvulo normalmente demora para se fixar no útero, caso ele não se fixe, poderá criar uma expectativa de gravidez que talvez não se confirme. Se você está realmente ansiosa, e for fazer o teste no período inferior a 10 dias, mas eu recomendaria que fizesse o teste novamente depois também.

 

Se você estava aguardando o positivo ou não e ele apareceu, bom, agora  você faz parte do mundo das gravidinhas. Um mundo novo, cheio de aprendizado e de cores. A ansiedade vai surgir junto com as principais dúvidas da gravidez. Primeira coisa, após confirmada a gravidez, é agendar um pré-natal com o seu ginecologista. Ter uma alimentação saudável nesse período é muito essencial e outras coisas mais que você vai descobrir ao longo do caminho. Seja bem vinda e sempre que quiser tirar algumas duvidas que surgem nas mães de primeira viagem, estarei aqui!

 

Espero que tenha ajudado nas informações.

 

Beijos

Karin

 

Se você gostou deste post, talvez queira ler mais:

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente