Sonhando

Eu ontem perdi o sono e fiquei zelando pelo sono do pequeno, com o berço do lado da cama, pra que se ele acordar fique mais fácil “pular” pra minha cama (é não deu certo o processo contado aqui).

Aquela respiração funda, gostosa, serena, em paz, chega a dar inveja. Sono protegido e cuidado. Agarrado, manhoso. E no meio de tudo isso sou surpreendida com palavras e gestos.

Palavras que ele gosta e já sabe falar bonitinho e direitinho, sim, ele fala dormindo! Admirei, acho que ele estava cansado ontem. Gestos: acho que ele estava sonhando que provavelmente queria brincar de massinha, ele fez o gesto exato de quando ele me pede – esfregando as mãos como se faz rolinhos.

Morri de amores… Imagina senão!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

3 thoughts on “Sonhando

  1. Cristiane says:

    Adorei saber que a transição está sendo tranquila e aos poucos. Fico tão triste quando a criança precisa passar por uma situação que exige “maturidade” emocional, entende? Se é difícil pra gente, imagina pra eles.

    Quisera eu poder ficar com minha filha coladinha ao lado de mim a noite toda, mas não tem espaço para o berço e dormir com ela na cama era muito cansativo e eu fica estressada e de mau humor, então ela acabava sofrendo com isso.

    Ela nunca ficou triste de ficar no berço. Outro dia eu até ofereci a minha cama, mas ela quis berço. Durmo com a babá eletrônica ao lado, com direito a visão noturna e tudo. A compra mais cara do enxoval dela, mas valeu. *risos*

  2. Kelly says:

    … fiquei feliz!

    lembro de vc quando dormia ou acordada mesmo brincava com as mãos e falava sozinha. Eu perguntava pra mãe, o que ela está fazendo, com quem ela está falando??? A mãe respondia: Ela está brincando com os anjinhos.

Comente