Saco cheio

Mulheres lutam pela liberdade, por direitos a muito tempo, o feminismo veio com essa coisa e cá estamos, na batalha. Mais do que nunca encontro diversas mulheres/mães insatisfeitas, estressadas e de saco de tanta pressão, cobrança, críticas e palpites.

Participei da blogagem coletiva abordando o tema Liberdade e respeito para cria o meu filho do meu jeito, organizado pelo Blog De Mães para mães, leio diversos posts sobre o assunto e só percebo uma coisa: Nós, mães estamos de saco cheio de críticas, de olhares que nos recriminam, de palpites, de opiniões não solicitadas, de colher na nossa panela.

E agora, fico pensando: Tem como se libertar disso? Será que realmente um dia conseguiremos ter o respeito devido? Será que algum dia as pessoas se tocarão de que só queremos opiniões se forem solicitadas? Será que não amamos os nossos filhos o suficiente para saber o que é melhor para ele?

Vivemos na era da informação, pouco se usa de informação passada de geração em geração, não por falta de respeito, mas somos uma geração que buscamos informações e tentamos caminhar com nossas próprias pernas, queremos arriscar, queremos tentar do nosso jeito, sabemos que podemos errar, assim como podemos acertar. Será que nossos pais, avós, tios, e Cia não erraram? Foi tudo perfeito? Creio que não!

Eu mesma estou de saco cheio, acho que esse post é meio que um desabafo. Estou com saudades de alguém que me apóie e não apenas me critique e condene, quero que simplesmente me entenda e me ajude, já sou uma bela crítica de mim mesma, acho que basta!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

3 thoughts on “Saco cheio

  1. Priscila says:

    eu te entendo, é sempre assim, o povo reclama de tudo que fazemos, o porque fazemos, nada parece estar bom, mas eu particularmente não ligo, ignoro, se for muita bobagem deixo falando sozinha, meu ouvido não é pinico não.
    Se errarmos, e com certeza iremos errar, como mães é problema nosso, mas erramos pensando estar fazendo o melhor.
    Fique tranquila, eu te apoio,hehehe

    Bjs

  2. Ana says:

    Assino em baixo!
    Pior do que querer “ensinar” a ser mãe, são aquelas que adoram ficar fazendo piadas, julgando as que não seguem a cartilha de mãe perfeita que elas mesma fizeram. Vejo muitas fazendo isso por aí.
    Não sei pq essa necessidade de se mostrar melhor do que a outra…
    Beijos!

  3. cintia says:

    Flor estou contigo viu, e a como te entendo nós mulheres somamos tudo o que fazemos e somos capazes de fazer varias coisas ao mesmo tempo. Sabe refletindo rapidamente penso que deveríamos ser mais relaxada as vezes mais tranquilas do tipo se não der pra fazer hoje faço amanhã!

    Bjokas nossas

Comente