Richard Pringle compartilha 10 lições que aprendeu na perda de seu filho

Eu já tenho pensado algo semelhante à isso. Estamos tão compenetrados na nossa rotina: casa, escola, trabalho, casa – jantar – banho e sono; que às vezes esquecemos da principal essência de se construir uma família. E se fosse o último dia que eu veria os meus filhos? Esse pai revelou as 10 lições que aprendeu após perder o filho de 3 anos.

Hughie tinha apenas três anos quando morreu repentinamente vítima de uma hemorragia cerebral, em 18 de agosto de 2016. “Ele tinha um problema de saúde, mas estava tão bem. A chance de um sangramento era de apenas 5%, mas, infelizmente, a chance de 5% aconteceu no ano passado e ele não sobreviveu“, contou o pai, Richard Pringle, ao The Daily Mirror.

Pouco mais de um ano após sua perda, Richard fez um post emocionante no Facebook no qual listou “as 10 coisas mais importantes que eu aprendi desde a morte do meu filho“. “Ele era gentil, carinhoso e amável. Ele fazia tudo ficar mais divertido. Em apenas três curtos anos, ele nos deixou uma vida inteira de memórias incríveis“, disse Richard Pringle sobre Hughie.

As 10 coisas mais importantes para a família e que podemos aprender com Richard Pringle

1/10“Você nunca poderá beijar e amar demais

Richard Pringle - filho1

2/10 “Você sempre tem tempo. Pare o que você está fazendo e vá brincar, nem que seja por apenas um minuto. Nada é tão importante que não possa esperar“

Richard Pringle - filho3

3/10“Tire o máximo de fotos e grave o máximo de vídeos humanamente possível. Um dia, pode ser tudo o que você tem”

Richard Pringle - filho 10 coisas importante para a família

4/10“Não gaste dinheiro, gaste tempo. Você acha que o que você gasta importa? Não importa. O que você faz importa. Pule em poças d’água, vá caminhar. Nade no mar, acampe, divirta-se. É tudo o que eles querem. Eu não consigo lembrar o que comprei para o Hughie, só consigo lembrar o que nós fizemos juntos“

Richard Pringle - filho5

5/10“Cante. Cante músicas juntos. Minhas memórias mais felizes são do Hughie sentado no meu ombro ou ao meu lado no carro, cantando as nossas músicas favoritas. Memórias são criadas com música“

Richard Pringle - filho6

6/10“Aprecie as pequenas coisas. Boa noites, a hora de dormir, ler histórias. Jantar juntos. Domingos preguiçosos. Aprecie as coisas simples. São elas que farão mais falta. Não permita que essas memórias especiais passem desapercebidas“

Richard Pringle - filho7

7/10 “Sempre dê um beijo de despedida naqueles que você ama e, se você esquecer, volte e dê um beijo. Você nunca sabe se será a última vez que você terá a chance“

Richard Pringle - filho 8

8/10: “Faça da situações entediantes, divertidas. Viagens ao supermercado, viagens de carro, andanças até o shopping. Seja bobo, conte piadas, ria, sorria e aproveite. Elas são apenas tarefas se você tratá-las assim. A vida é muito curta para não se divertir“

Richard Pringle - filho 10

9/10 “Mantenha um diário. Escreve tudo o que seus filhos fazem que melhoram o seu mundo. As coisas divertidas que eles falam, as coisas fofas que eles fazem. Nós só começamos a fazer isso quando perdemos o Hughie. Nós queríamos nos lembrar de tudo. Agora, nós fazemos isso pela Hettie e faremos para a Hennie também. Você terá essas memórias escritas para sempre e, quando estiver mais velho, poderá olhar para trás e aproveitar cada momento“

Richard Pringle - filhos

10/10 “Se o seu filho está com você. Para beijá-lo à noite. Para aproveitar o café da manhã. Para caminhar até o colégio. Para ir à universidade. Para vê-lo casar. Você é abençoado. Nunca se esqueça disso“

Richard Pringle - filho 9

A postagem, feita no dia 23/8, já tem mais 7 mil compartilhamentos. Veja a publicação original.

 

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!