Relato do parto normal da Família Petry dos Anjos

Oi meninas! Hoje temos o privilégio de ler mais um relato de parto incrível. Eu sempre me encanto com essas histórias, pois elas nos encorajam, nos animam e nos fazem perceber que se acreditar, podemos também! A história da Anelise eu não conhecia até receber o relato. Simplesmente incomparável, surpreendente e linda! Ela é igual eu, ama contar a história do nascimento do Enzo. Por isso, pedi para ela compartilhar conosco como foi essa extraordinária experiência!

….

Meu filho Enzo, hoje com três anos e cinco meses foi planejado, meu desejo sempre foi ter um parto o mais natural possível. Sempre acreditei que nós mulheres fomos preparadas para isso, e se tudo corresse bem, seria assim que meu filho viria ao mundo!

(35)

A gestação

Minha gestação foi maravilhosa, muito tranquila e sem maiores problemas, até que com 34 semanas comecei a sentir contrações (hoje sei que era contração, mas naquele dia eu não sabia… rs) e um pequeno sangramento. Ficamos preocupados e seguimos para o hospital. Lá, após exames, foi constatado que eu teria que ficar internada, em repouso absoluto, aja visto que meu pequeno príncipe queria vir ao mundo… E era muito cedo! Tinha que esperar mais um pouco!

Fiquei internada por 1 semana, após me afastei do trabalho, para ficar mais tranquila. No dia 25/10/2013 com 36 semanas e 1 dia marcamos meu ensaio de gestante! Chegamos lá, fizeram maquiagem, cabelo e eu estava radiante!

A surpresa

Logo após, eu e meu marido resolvemos jantar fora, e assim o fizemos… Pedimos, comemos e eu comecei a sentir uma “coisinha estranha” como se tivesse com um corrimento. Então disse para ele ir pagar a conta, e eu já iria para o carro. Quando levantei da cadeira PLOFT! Muuuita água escorreu pelas minhas pernas! E então eu falei: Amor, acho que minha bolsa estourou! E ele ficou desesperado, sem saber o que fazer!

No caminho para casa, liguei para minha mãe e disse que estava indo para o hospital, porém antes disso, iria passar em casa para pegar minhas coisas, tomar um banho e trocar de roupa! E foi isso que fiz! Subi tranquilamente três lances de escada, tomei um bom banho quente, coloquei mais algumas coisinhas na minha bolsa e fui! Meu marido estava muito nervoso, e eu muito calma, plena, confiante e maquiada … hahaha!!!!

No hospital

Dei entrada no hospital às 20h30, sem sentir nenhuma dor considerável, apenas uma cólica fraca, muito parecida com uma cólica menstrual. Fui para sala de pré – parto e no exame inicial, o médico disse que eu já estava com cinco dedos de dilatação. Meu colo do útero estava fino como um papel… Pedi para ele se eu tinha condições para ter parto normal, e ele me deu todo apoio, disse ainda que certamente seria um parto rápido!

Ele não era meu médico do pré-natal, mas foi muito atencioso, disse que trocaria de plantão em alguns minutos com a esposa dele, que também é médica, mas que ficaria me acompanhado no parto também. E as contrações foram evoluindo…  Logo em seguida, um segundo exame de toque e eu já estava com nove de dilatação!

O parto desejado

Concentrada na minha dor, e com muita coragem de seguir em frente então ele me disse: quando vc sentir uma vontade de fazer força involuntariamente me chama que será a hora! E logo depois isso aconteceu… É como se fosse uma vontade de ir ao banheiro fazer o número 2…

10 COMPLETOS ele disse! Fui andando até a sala de parto, onde me posicionaram, e a doutora que faria meu parto me passou as instruções, enquanto isso o Dr. Wagner que me atendeu inicialmente estava lá no meu lado, dizendo: queixo no peito e faz a maior e mais longa força da sua vida! Nas contrações seu corpo trabalha por você, e você só dá aquela ajudinha… E foram 3 “forças” incríveis quando ela me disse: Anelise, pode parar, relaxar e conhecer seu lindo bebê! E então ás 21:36 hrs após 1 hora e 6 minutos, foi como se aquele momento tivesse congelado…

(21)

Que sensação incrível de dever cumprido e orgulho de mim mesma! Nessa hora, tive certeza de que para mim, essa foi a melhor e mais linda escolha, foi a dor mais forte e mais maravilhosa que senti na minha vida! E o meu Enzo veio para os meus braços, com muita saúde e disposto a mudar a minha vida para muito melhor!

Muitas pessoas nos desencorajam de seguir nossos planos, mas é preciso acreditar e é claro ter bons profissionais ao seu lado para dizer o que vai ser melhor para você e seu bebê! Ter um filho, de parto normal ou cesariana é uma dádiva, uma prova de amor!

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente