Reflexão sobre o tempo

TEMPO REI

Por: Marcelo Cunha Bueno

Revista Crescer

O tempo cura as feridas. O tempo faz as dores passarem. O tempo é o senhor da sabedoria. O tempo é o melhor remédio. O tempo passa. O tempo voa. O tempo é o melhor amigo da esperança. O tempo ensina os apressados. O tempo não volta. O tempo escorre das mãos. O tempo não para. O tempo não espera. O tempo tem tanto tempo quanto o tempo tempo tem. O tempo é das horas. O tempo é agora. Tudo ao mesmo tempo. O tempo todo. Todo o tempo do mundo. Velhos tempos. Novos tempos. Tempos modernos. conTEMPOrâneo.

Como se sente o tempo? Como se mede o tempo quando se está num ventre? Como se vê passar o tempo no calor de uma gestação?

O tempo dentro do ventre é o tempo de um encontro. O tempo da sutileza da formação de uma vida. O tempo da suavidade, que transforma os turbilhões de sentimentos no mais puro amor. O tempo da efemeridade, que esconde a forma e faz sonhar.

De que forma se vê a vida a passar, a se formar vida no ventre? Tempo que é medido por milímetros, por centímetros. Tempo que se mede pela dança da lua a crescer.  Tempo que se pode medir pelo despertar do coração a bater. Tempo que cresce na simplicidade dos dedinhos a mexer. Tempo que passa no ventre a ser morada. Tempo do silê ncio do viver. Tempo escondido no crescer.

Tempo de nascer. Tempo de revelar encontros. Encontros presentes, de histórias passadas e viventes, de vidas e laços futuros e potentes.

Como se espera o tempo do viver? Quanto dura o tempo do nascer?

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *