Novidades

Olá meninas…

Passando aqui pra contar as novidades…

Telefone em casa, ainda nada… descobrimos que falta fiação, a proprietária o imóvel ficou de ligar para companhia telefônica, espero que logo se resolva esse episódio em nossas vias e aí sim, o blog poderá ficar sempre atualizado.

Sinto falta, confesso!

***

Quanto a pequena razão de nossas existências, well… esse anda cada dia mais serelepe, como eu diria: ” aprendendo a ser criança” … Esses dias fui com ele pegar um solzinho (depois de vários dias de chuva) ele ficou colocando britas dentro de um vaso de cerâmica. Acho interessante como ele aprendeu que brita não é pra colocar na boca, com persistência, mas aprendeu.

Estou ensinando a subir escadas, eu sei que ele é novinho, mas o menininho se sai bem. Fico encantada! Claro, que como boa mãe coruja, fico do ladinho dele ajudando e socorro se preciso. Ele aprendeu algumas sílabas novas: “va”, “fa”, “na”.

Quando damos as mãos pra ele andar, capricha bonitinho nos passinhos. Mas não estou com pressa de vê-lo caminhando, ele vai aprender isso no tempo ele, por enquanto é curtir e sair engatinhando atrás d ele, brincadeira essa que ele adora!

Já está começando a pegar equilibrio sem estar segurando nos móveis ou nas calças dos pais. Já se machucou, tadinho, mas faz parte do desenvolvimento, é só os primeiros machucados de muitos que prometem vir…. hehehe

Ah, os dentes caninos estão dando o ar da graça por aqui, os dois superiores estão vindo juntos. Ontem deu febrinha nele, além de estar super manhoso, mas graças a Deus já sabemos como lidar com a primeira dentição.

Na loja, durante a semana está bem tranquilo, estou aproveitano a me dedicar a leitura, melhor nem contar pra vocês quantos livros eu li, mas um que estou leno no momento e recomendo é: “Pais brilhantes, professores fascinantes”. Já tinha lido a uns quatro anos atrás, mas agora sendo mãe, a leitura toma outro rumo, outra visão. Me preocupo muito com a educação do meu filho. Creio que essa é uma preocupação geral os pais. Todos quem criá-los para serem adultos extraorinários entretanto muitas vezes esquecemos que o caráter de uma pessoas é formado até os 7 anos de idade, por isso a presença de pais e mães nessa fase é tão importante. E para aqueles que, como eu, se preocupam com a educação dos pequenos fica a dica. É um livro fácil e gostoso de ler.

Bom queridas amigas blogueiras… espero em breve passar por aqui e deixar mais um recadinho. beijosss

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!

Comente