10 mentiras que os pais contam para os filhos

Infelizmente nós pais mentimos para nossos filhos todos os dias, são “pequenas” mentirinhas e nem nos damos conta. Dizemos constantemente aos nossos filhos para não mentir, mas continuamente dizendo essas mentiras. Não importa se a criança é pequena, estamos ensinando eles a mentirem. Já parou para pensar nisso?

As crianças só podem pensar que mentir é bom, porque os pais mentem.

Como mãe, compreendo perfeitamente às vezes mentimos para proteger nossos filhos, nós amamos tanto eles que não queremos que se machuquem. No entanto, comecei a perceber que mentir não é, de fato, realmente bom para os nossos filhos, pois só vai atrair nossos filhos para serem mentirosos.

Obviamente, isso não é o que queremos, então precisamos parar de fazer isso e ser verdadeiros para nós mesmos e para os nossos filhos.

Algumas das mentiras que os pais contam inconscientemente

Aqui estão alguns exemplos de mentiras que os pais muitas vezes contam aos filhos, juntamente com as melhores soluções. Estes são exemplos para ajudá-lo a criar cérebro suas próprias soluções para as pequenas mentiras que você pode estar dizendo ao seu filho.

1. “Papai Noel está te observando”.

papai noel correndo

Em vez de ameaçá-los que o Papai Noel não dará presentes, tire algo no aqui e agora para que eles saibam que seu comportamento tem conseqüências imediatas.

Se eles estão brigando com a irmã e você quer que os combates cessem, não adianta dizer que o Papai Noel está assistindo, eventualmente, eles vão descobrir essa grande mentira e terá conseqüência para esse seu comportamento.

Tenha um castigo realista como tirar os eletrônicos por um período de tempo limite – um dia, por exemplo. Não adianta dar castigo a perder de vista.

2. “Eu nunca deixarei nada de ruim acontecer com você”.

mãe e filho proteção

Por mais que esta seja a sua intenção, mas pode não ser possível. Você não pode proteger seu filho 100% do tempo. Em vez disso, diga a verdade, mas enquadre-a para que a criança se sinta protegida, mas consciente de perigos reais.

Dizendo algo como “Eu sempre vou tentar protegê-lo, mas há pessoas ruins lá fora. Por isso não quero que você se afaste de mim em uma loja, pois há crianças que são tiradas de suas mães e pais. Estou aqui para protegê-lo, mas se você se afastar, então não estou lá e você pode se colocar em perigo“.

Pode ser assustador, mas também é uma realidade verdadeira. A ideia não é deixar as crianças ansiosas sem necessidade, por isso, é importante escolher bem as palavras. Deixe-os conscientes de que os seqüestros são raros, mas que mesmo assim é algo que os filhos e os pais devem estar atentos, de modo que eles sejam cautelosos com estranhos quando estão públicos.

3. “O parque está fechado”.

mentiras que os pais contam - o parque está fechado

 

Nós sabemos que o parque está aberto, normalmente dizemos isso porque estamos sem tempo para levar as crianças ao parque.

Em vez de mentir, seja honesto. “Mamãe não pode levá-lo ao parque hoje, porque nós temos que fazer compras e eu tenho outras tarefas importantes que devem ser feitos hoje.”

Eles podem reclamar e se queixar, mas está tudo bem, eles aprenderão a realidade da vida é que eles não podem ter tudo o que querem o tempo todo.

Contar a verdade também ajuda a tornar você ser um pai/mãe honesto e não um mentiroso. Eles vão crescer e perceber que você esteve mentindo sobre o parquinho o tempo todo.

4. “Não vai doer, eu prometo”

vacina bebe

Nada mais desesperador é quando o filho precisa levar infeção ou vacinas. Nós sabemos que dói, mesmo que seja por um minuto, mas a dor existe. Na primeira vez que eles vão tomar injeção, dizemos que não vai doer para que eles fiquem quietinhos e tomem a vacina. Eles aprenderam com a dor que você mentiu.

Melhor não mentir.

Explique para eles que será um pequeno beliscão, vai doer um pouco e depois vai passar. Fale que é importante eles tomarem a vacina por questões de saúde e imunidade contra doenças.

Não seja um mentiroso.

A realidade é que as injeções doem, mas a dor desaparece. Então, melhor contar a verdade para que seus filhos confiem cada vez mais em você, e não menos.

5. “Você é o melhor artista! Excelente trabalho em sua pintura!”

mentiras que os pais contam para os filhos - você é o melhor artista

Não se preocupe em louvar seu filho quando você não é sincero.Acredita, as crianças entendem a linguagem corporal, conhecem seu tom de voz e sabem quando vocês são profundamente sinceros.

Em vez disso, você pode elogiar a sua criatividade. Exaltar habilidades vai incentivá-lo a cada vez mais explorar essa habilidade, o produto final é apenas um resultado.

6. “Hora de dormir!”

rotina de sono

É apenas 19h30 e não é hora de dormir, já que você sabe que a hora de dormir é 20h00. Solução simples: “É hora de começar a se preparar para ir dormir”. As palavras são importantes.

Quando você diz que é hora de dormir, pode até ser no sentido de que “está na hora de se preparar para dormir”, e isso quer dizer que ainda vem história, música e oração, antes de efetivamente as crianças dormirem.

Quando elas começarem a saber as horas, eles sabem que às 19h30 ainda não é hora de dormir, mas que já devem se preparar para ir dormir.

É tudo sobre manter a confiança entre você e seu filho.

Pode ser uma pequena mentira branca, mas as mentiras sobre mentiras aumentam para se tornar maiores problemas de confiança.

7. “Não sei o que aconteceu com o seu desenho que estava pendurado na geladeira”.

geladeira tom-amarelo

Você sabe o que aconteceu com isso porque você o jogou fora. Não temos como manter cada desenho, não há espaço para manter tudo!

A melhor solução é explicar isso ao seu filho. Mostre-lhes a gaveta ou pasta onde você mantém os desenhos mais significativos que eles fazem. Eles podem colocar as coisas lá se quiserem garantir que elas sejam salvas.

Se o lugar ficar cheio, então é hora de eles ajudarem a classificar e a reciclar as peças que eles não querem mais manter. Isso lhes confere responsabilidade sobre sua arte, e também faz de você um pai honesto.

8. “Eu estarei lá em um minuto.”

cronômetro

Sim, sua intenção é boa. Você quer estar lá para colocá-los ou ajudá-los com seu projeto ou seja o que for. No entanto, você está pagando contas ou limpando a cozinha e quer terminar o que está fazendo.

Então diga-lhes apenas isso.

Diga-lhes que você precisa terminar de fazer o que está fazendo e então você poderá ir ajudá-los.

Não mentir dizendo que é um minuto porque pode ser mais longo, e quanto mais o tempo passa antes você ir até eles, mais isso faz com que você seja um mentiroso.

Evite a mentira, simplesmente dizendo a verdade e sendo específico.

9. “Eu vou sair de casa sem você”.

criança de salto alto

Em vez de usar uma tática de susto, use conseqüências específicas e realistas para movê-las em ação. Você pode dizer “se você não colocar o calçado e estiver pronto para entrar no carro dentro de 5 minutos, então você não poderá assistir TV hoje”.

Certifique-se de seguir com as conseqüências de cada vez.

Você vai perceber que seu filho vai escutar você por causa do que diz, não porque eles estão assustados em ação, mas porque suas palavras têm peso.

10. “Não temos dinheiro suficiente para xxx”.

mentiras que os pais contam - não temos dinheiro

Em vez de mentir, explique ao seu filho, de uma maneira que ele consiga entender. Diga-lhes que todos querem sair de férias, por isso não podemos ir ao cinema. Ajude-os a entender que, às vezes, fazer algo realmente especial e divertido, envolve sacrifício. Não só você está ensinando-lhes uma valiosa lição de vida, mas também não está se tornando um mentiroso.

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *