Maternidade!


Planejada ou não, ela está aí!

Agora é um mundo novo que te cerca, lojas infantis, móveis para o quarto do novo ser, expectativa de cada consulta e ultra-som, você vê grávidas como nunca viu na vida, bebês então… esse torna seu assunto principal.

É incrivel como um serzinho dentro de você muda toda a sua maneira de agir, passa a cuidar para não fazer esforço físico excessivo, cuida da alimentação, procura descansar e ler… se informar o máximo possível de tudo, de toda maneira possível: livros, sites, fóruns, etc.

Você passa a ver a gestação em três etapas, passa contar as semanas e quando lhe perguntam: “Quantos meses você está?” Você fica até perdida!
A primeira ultra-som, que alegria! Ouvir aquele coraçãozinho batendo dentro de você, quase impossível de se acreditar, não é a toa que muitas futuras mamães e papais se emocionam ao ouvir aquele som tão forte! E medida que o tempo vai passando sua barriga vai aparecendo e todo mundo começa a te observar, ganha lugar no ônibus, pega fila preferencial, quanta coisa diferente!

Claro, tem que ter o seus privilégios, pois carregar muitos kilos a mais que do você está habituada em poucos meses, sem contar os enjoôs, dores por todo o corpo, pés inchados e todos aqueles desconfortos da gravidez.
A única coisa que pensa é: “VALE A PENA!”

Dorme com a mão sobre a barriga toda noite, na expectativa de sentir os primeiros motivos do seu filho dentro de você… que êxtase no primeiro chutinho, e quando o papai sente, nossa… festa na casa, na família!
Será que vai ser menina ou menino?

Não importa! Interessa que venha cheio de saúde e energia para alegrar a casa!

Depois toda a compra do enxoval… aí você percebe como criança suga dinheiro, mas não importa, é o MEU FILHO, é pro MEU FILHO!!!

Tentamos dar do bom o do melhor de acordo com as nossas situações financeiras. Passamos apartir desse momento entender nossos pais e lembramos de quando eles nos diziam: “Espera você ter filhos, você vai me entender!”

O grande momento chega, a futura mamãe está prestes a ser mãe, contrações uma atrás da outra, o futuro papai está correndo atrás das coisas da mamãe e do bebê, aquela ansiedade, avisa a família, e vão todos pra maternidade.

O parto acontece, do jeito ou não que você planejou, mas também não importa… você ouve o seu milagre… o seu filho chorando forte, alto e em bom som! Lágrimas e risos saem dos lá bios dos pais!

Com certeza sua vida nunca mais será a mesma, não será mesmo.
Não há nada melhor no mundo do que criar um filho, ver seu primeiro sorriso, aprendendo a rastejar, engatinhar, andar, suas primeiras palavras. Não há nada no mundo que faça você querer sua vida de volta.

O sentimento de pai e mãe é um dos melhores sentimentos que existem na face da Terra, apenas quem é para entender!

É isso queridos, é assim que me sinto em relação a maternidade, espero que sinta o mesmo.

Boa noite.

Beijos

Karin

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!
Comente