A importância da leitura para as crianças

Através da leitura a criança pode aprender diversas coisas. Mesmo aquelas que ainda não leem o mundo o abstrato se torna real e a sua imaginação é estimulada, assim como também o desenvolvimento da linguagem.

Nas últimas duas semanas, aconteceu a Feira do Livro em Jaraguá do Sul, e quero compartilhar a entrevista que fiz com o coordenador da Feira do Livro, João Chiodini, sobre como e porque desenvolver esse importante hábito de leitura com as crianças.

A partir de quando devo apresentar os livros para as crianças?

João Chiodini – Desde o primeiro dia de vida. Aliás, desde a gestação os pais podem contar histórias para os filhos. Isso já auxiliará os bebês a conhecer a voz dos pais e criará uma maior familiaridade com eles. Quando nascidos, é importante escolher livros com cores fortes e prestar atenção na distância que o livro deve estar da criança, de acordo com seu desenvolvimento visual.

Qual a importância da leitura para a criança?

a importância da leitura
A leitura estimula a imaginação da criança

João Chiodini – A compreensão e desenvolvimento de vocabulário. Desenvolvimento imagético, lúdico e emocional. A mamãe dizer: “o papai foi trabalhar” e “os anões acharam uma princesa em sua casa” são informações abstratas que criam imagens e são processadas da mesma forma para uma criança. Assim, com histórias, nutrimos e criamos uma imaginação extremamente poderosa.

Na era digital, como fazer as crianças se apaixonarem por livros?

João Chiodini – As crianças são naturalmente mais familiarizadas aos livros que aos tablets. Isso porque ambos apresentam cores e formas. A diferença é que o livro tem o benefício da utilização da voz dos pais. O necessário é que os pais continuem com essa rotina diária de sentar com os filhos e contar histórias. Por mais cômodo e tentador que seja deixar a Galinha Pintadinha fazer esse trabalho.

Como escolher os livros para elas?

João Chiodini – No início, optar por livros mais coloridos e com poucas palavras, aumentando o nível de complexidade das histórias na medida em que a criança mantenha mais sua atenção e compreenda uma quantidade maior de palavra. Quando a criança pede que a história seja contada de novo e de novo e de novo, talvez seja hora de pular para uma história com uma quantidade maior de elementos.

Quais os livros recomendados para crianças que iniciaram a alfabetização e já estão lendo sozinhas?

João Chiodini – A minha indicação seria dos livros clássicos. Apresentar histórias que elas já estejam familiarizadas e possam encontrar os personagens em outras situações, como filmes e desenhos. Assim, além de facilitar o processamento e desenvolvimento imagético, a criança vai aprender a criar suas próprias referências.

  • O momento da fotografia de capa, foi registrado pela fotógrafa Thays Magalhães enquanto nossa família estava passeando na feira! 😀
Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey's Anatomy!