Era uma vez…

Na faculdade, aula de psicologia pra ser mais exata… Aprendendo algumas coisas bem interessantes: Fala egocêntrica, resumidamente, é o nosso “pensar alto”… A criança aparentemente não consegue apenas pensar nas suas ações e precisa contá-las, e por isso muito vezes pegamos nossos filhos falando sozinho. Pra entender mais, leia aqui!

Enfim, achei isso um máximo. Meu filho faz isso. É normal pegarmos ele conversando consigo próprio, brincando com os amiguinhos na imaginação dele… Ou então…

Outro dia conversando com ele, fui dando corda:

Cauê: Quebrou o pé da Margarida! (Ele tem os personagens da Turma do Mickey)

Eu: Ah é? E agora?

Cauê: Foi o Donald que quebrou o pé da Margarida!

Eu: Ai ai Donald, não pode! E agora o que a gente faz?

Cauê: Tem que consertar! O Mickey vai arrumar!

Eu: E aonde o Mickey vai arrumar o pé da Margarida?

Cauê: Lá na casa do Mickey!

Criatividade pura… Misturou elementos que ele já vivenciou e criou a sua própria história!

E isso, é outra coisa que percebo que ele pegou mesmo o gosto da coisa… Adora que a gente conte histórias, as mais variadas. Pega um livro e pede pra gente contar…:D

A mãe aqui, se derrete toda!

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente