Dormir a noite inteira

Posso ouvir mães suspirando e ansiosas, loucas para saber quando isso vai acontecer…. não é mesmo??? Posso dizer que eu fui uma dessas por muito, muito, muitoooo tempo. Não, eu não quero desanimar ninguém, fiquem tranqüilas! Se vocês derem uma vasculhadinha vão encontrar muitos posts a esse respeito, tantos que eu perdi a conta!

E digo, é um mistério quando isso irá acontecer. Tem bebês e bebês. Eles não são iguais e receitas prontas podem ou não funcionar. Depende. Vale a pena tentar?  Sim! Não digo que não, tentei de tudo e mais um pouco. Se funcionaram conosco? Não! Mas pelo menos eu posso dizer que tentei e desisti de tanto tentar.

Sério, resolvi deixar as coisas simplesmente tomar o rumo delas. Lutei contra a cama compartilhada, sim. Desisti e coloquei o pequeno pra dormir comigo. Se ajudou não sei. Mas eu pelo menos tava ali do lado e no final das contas, acho que ajudou sim. Mas não sei a razão. Pode ser que pelo fato dos dentes terem já crescidos. Ou por ele estar mais maduro e maiorzinho e cansado da escola. Tantas e tantas opções que a gente pode se desgastar de procurar motivos e respostas.

Hoje, ele ainda acorda de madrugada … Ahhh…vocês pensaram que eu ia dizer que isso não acontecia mais né! Porém, já não é sempre. Fizemos uma brincadeira no quarto do pequeno: No quarto tem a cama de casal, um espaço e um armário, e por incrível que pareça, nesse espaço cabe exatamente um colchão de solteiro. Comecei a ir brincando com o pequeno que a cama dele era ali e foi indo que ele ta curtindo o novo cantinho dele. Pede pra dormir no canto dele e muitas vezes dorme a noite inteira. Outras noites acorda chorando, resmungando, coloco a mão sobre ele e acalma. Às vezes é preciso dar mamadeira e ele sobe pra cama grande.

Acho que na maternidade não existe perfeccionismo. Não depende apenas de nós pra que as coisas funcionem, precisamos respeitar aquele tico de gente que se desenvolve e tem suas vontades e manias próprias. Fácil não é. E nem sempre é do jeito que a gente imagina ou idealiza. O importante é saber administrar e se permitir errar, e tentar de novo, e errar de novo… Não existe fórmula mágica que vai milagrosamente resolver todos os nossos problemas. É o auto-conhecimento e o conhecimento que vamos adquirindo por aquele ser que se formou dentro de nós. Conhecimento e respeito mútuo.

Só tenha plena certeza, todas as coisas vão dar certo. Não precisa se afobar, tudo tem seu tempo certo. Apenas estimule e espere as reações do tico daí!

Beijo

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente