Cortando a unha do bebê

Olá meninas..

Achei esse artigo na net e resolvi compartilhar…. eu morria de medo de nao saber cortar a unha do meu filho… quando bebezinho era bemmmmmmmm mais fácil… sem exagerar!!! Era mesmo! Agora, tá cada vez mais complicado…

A única maneira que eu consigo fazer isso em paz e tranquilidade é quando ele está dormindo. O que pra mim tem sido mais difícil ainda é que eu não estou durante as sonecas do dia com ele, e essas coisas, não adianta, precisa ser a mãe… porque pai é uma negação! Pelo menos aqui em casa!

Enfim, espero que gostem das dicas que eu li.

Beijos

Karin

Como cortar as unhas do bebê

Preciso cortar as unhas do bebê?

Muitos bebês já nascem com as unhas compridas, e os pais ficam com medo de eles se arranharem. Nos primeiros dias, evite cortar as unhas deles, porque elas são flexíveis demais e é muito fácil causar um sangramento.

Se não estiver muito calor, você pode colocar luvinhas ou até meias nas mãos do bebê. Com o passar dos dias as unhas ficam um pouco mais rígidas, e será mais fácil apará-las. Mas isso sempre terá de ser feito com muito cuidado. As unhas das mãos crescem tão rápido que você pode ter de cortá-las mais de uma vez por semana. As dos pés exigem menos frequência.

Como cortar a unha do bebê sem levar o dedo junto?

O jeito mais fácil de aparar a unha do bebê é simplesmente tirar o excesso com as mãos. Elas são tão molinhas que o excesso sai sem resistência. Ou você pode usar tesouras ou cortadores de unha especiais para bebê, com pontas arredondadas.

Pode ser que seja mais fácil executar a operação com a presença de dois adultos: um segura o bebê, para que ele não se mexa demais, e o outro corta a unha. (Você também pode tentar cortar as unhas do seu filho quando ele estiver mamando ou dormindo.) Pressione para baixo a ponta dos dedos dele para diminuir o risco de pegar a pele, e segure firme a mão do seu filho enquanto corta.

As unhas são tão pequenas que é difícil cortá-las de forma arredondada, para que os bebês não se arranhem com os cantinhos.

Um truque é fazer esses pequenos aparos “roendo” as pontinhas das unhas do bebê. Sua língua é muito mais sensível que qualquer tesoura, e o bebê não vai reclamar de colocar a mãozinha na sua boca. Pode parecer meio animalesco, mas funciona! Depois de executada a tarefa, lave as mãos do bebê.

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente