Boas maneiras

Nós somos responsáveis por todas as coisas que nossos pequenos aprendem, eles são verdadeiras esponjinhas prontas, observadoras a tudo e a todos, portanto é nosso dever cuidar com as nossas atitudes  e palavras na frente deles e ainda devemos estar de prontidão a lhes ensinar hábitos saudáveis e boas maneiras.

As palavrinhas mágicas são exemplos, se tivermos o costume de sempre quando nos direcionarmos à nossos filhos devemos usar o “por favor”… Poderia trazer/pegar/levar aquele objeto pra mamãe/papai/vovó? Ou “dá licença”… pra mamãe passar/colocar o casaco, etc. E quando eles fizerem algo que pedimos à eles agradecermos com “muito obrigado” faz parte também de toda educação que damos à eles.

Dessa  maneira estamos ensinando a terem boa educação, mesmo que ainda eles não falem devemos tratá-los assim, pois quando souberem falar essas palavrinhas mágicas pertencerão rapidamente no vocabulário deles e será um hábito ser educado  porque estão acostumados a serem bem tratados e gostam disso, por isso fazem questão de tratarem bem aos outros.

Outra coisa importante à ensinar é atravessar a rua, eu pelo menos morro de medo que meu filho saia correndo e não olho pros lados. Mero engano quem não acredita que uma criança de um ano e oito meses não pode aprender isso.

O Cauê é prova disso, já está aprendendo a olhar para os lados e responder se vem ou não carro. E quando alguns deles param para que nós atravessemos falo para ele que o titio (a) parou o carro para que nós pudéssemos atravessar.

Creio que eles aprendem tudo que estamos dispostos à ensinar, e se não estivermos eles podem encontrar boas ou más influências nas ruas da vida. Por isso é tão importante dedicar tempo de qualidade com eles, para que no futuro se tornem bons cidadãos, verdadeiros exemplos.

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente