BARCO!

É interessante acompanhar o desenvolvimento deles como eu disse, aqui, aqui e aqui, cada fase trás suas surpresas e cada criança tem seu momento de aflorar tais conhecimentos. Eu sei que muitas vezes ficamos ansiosas pela próxima fase…engatinhar, caminhar, andar, etc; porém acho fundamental que nós pais e mães saibamos esperar, incentivar e respeitar a fase ou o momento da criança.

Falo isso por que até pouco tempo o Cauê falava bem pouco, apesar de entender muito bem. O eu que achava legal é que ele conseguia se comunicar do jeito dele claro! Mais também mostrava sinais de que estava amadurecendo essa parte em seu cérebro.
De dois meses pra cá (com 1 ano e 5 meses) ficou mais nítido isso, ele começou explorar mais as palavras não entendíveis dele, balbuciava muito com ele mesmo. E desde então ele tem se empolgado muito em aprender novas palavras.
Chama diferenciadamente, mamãe, papai, vovó, e ainda as vezes sai um titi (titia). Além dos brinquedos favoritos percebo que ele tem uma palavra favorita também: BARCO! Quer ver o barco, quer que a gente desenhe o barco, quer um barco de papel, e eu acho que entre 10 palavras pelo menos umas 5 é BARCO. Ele está aprendendo a imitar os animais quando dizemos cachorro ele naturalmente imita o latido: Au Au. Eu não ensinei, mas eu acho que ele aprendeu com os próprios cachorrinhos, querendo ou não é bem mais fácil pra pronunciar.

Virou uma brincadeira bem gostosa, ele inclusive tem um livro com vários animais, adora ler e apontar pra que a gente nomeie os bichos e daí vem a imitação logo em seguida. Ele está fazendo ótimas associações, relógio, janela, trator, cavalo, seja pela figura, concreto ou até mesmo pelo som.

Acho que se tivesse mel estaria escorrendo aqui de tanto admiração que tenho por ele. Não estou falando pra me gabar ou coisa parecida, só estou querendo passar que às vezes a nossa ansiedade não ajuda, devemos sim, incentivá-los com moderação, sem pressão e ter calma e paciência porque a hora que vocês menos imaginar eles logo estarão falando pelos cotovelos e olha que não faz muito tempo que eu escrevi no blog: Fala filho!

Como anda a ansiedade e as expectativas por aí com seus pequenos?

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente