Arte e a maternidade – Leitora

No blog inaugura um quadro super especial, no qual as leitoras do blog estarão participando e deixando registrado como elas ensinam, brincam, criam com os seus filhos. Cintia é a mamãe de uma menininha muito linda de 1 ano e 7 meses e recentemente mostrou o mundo das artes para sua pequena. Confiram:

Meu objetivo como mãe é que minha filha seja muito feliz e se realize. Também quero que ela tenha mais liberdade de pensamento e seja aberta a novidades, sou super certinha e muito cartesiana.

Penso que a arte seja um bom caminho para isto, mas não é arte com modelos prontos e sendo dirigida, é arte com liberdade total. Liberdade para interagir com todos instrumentos e materiais e pintar o que quiser. Para a criança o que importa é o processo, é o experimentar, o resultado final não é o objetivo. Mas acho muito lindo quando o papai chega em casa e ela toda orgulhosa, em sua grande experiência de 1 ano e 7 meses, mostra seus lindos desenhos.

Dá muito trabalho, precisa planejar o que fazer, forrar o chão, organizar tudo, acompanhar o processo e elogiar, mesmo que sua filha esteja se pintando inteira, mãos, pés, cabelo e depois ainda limpar tudo. Ufa!!!

No primeiro dia de “aula” fiquei tão tensa que não conseguia nem respirar direito, quem dirá elogiar, mas também estou aprendendo com minha filha e já melhorei muito, agora consigo respirar, elogiar e até fotografar!

É muito gratificante ver o sorriso da minha filha quando digo:  Vamos pintar? E ela vai correndo para o atelier e quer abrir a sua gaveta, dizendo tá, tá (de pintar). É uma delícia vê-la descobrindo como as coisas funcionam, tintas, pincéis, texturas, massas de modelar, giz, cola e água. E poder participar ativamente disto tudo é mágico!

A aula que adoramos é a de pintar fora de casa, onde tudo pode ser pintado, pedras, calçada, muro e é muito simples. Sabe qual é a tinta usada? É água! E num dia lindo de sol é uma delícia!!! E de quebra as crianças aprendem como a água evapora e tal, pois estão vivenciando isto.  Basta pegar um baldinho de plástico com água (aquele do brinquedo de praia), um pincel grande e partir para brincadeira!

E para fazer tudo isto precisa de dedicação, criatividade e pouco investimento! Você pode comprar um livro para te apoiar nestas atividade, sugiro Iniciação à arte para crianças pequenas, de MaryAnn F. Kohl, Editora Artmed, tem muitas dicas legais para as mamães ligadas em arte ou que gostam de inventar, assim como eu!

 

 

A pequena super esperta no mundo colorido, ganhou até um cavelete reciclado. Mães inventam de tudo!
Você também quer participar do blog com alguma história bacana, uma experiência ou até mesmo uma situação inusitada… Compartilhe conosco, mande um email para karin@mamaeecia.com.br, que estaremos publicando aqui no blog!

 

Continue lendo…

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!
Comente