Aos 4 anos

4

 

Oiii…

 

Ontem mesmo eu estava comentando com uma cliente minha de como meu filho cresceu. Tudo bem que ele está pertinho de fazer cinco anos. Mas esse ano foi um ano de muito aprendizado e desenvolvimento dele.

Da fralda noturna ele já havia saído ano passado e até que foi tranquilo, tirando algumas noites de cama molhada. De noite antes de dormir, sempre vai no banheiro e às vezes acordava de madrugada pedindo. Hoje, já levanta sozinho, faz xixi e volta para cama. Se você quiser saber como foi, leia o post: Desfralde Noturno.

 

Outro avanço foi conseguir com que ele dormisse no quarto dele. Nós não utilizamos da cama compartilhada por livre opção e sim por imposição… hahaha… Para não compartilhar a cama, colocamos o colchão do lado da nossa cama… Quem nunca??? Porém, de vez em quando ele vinha para nossa cama e um dos dois acabava indo para cama dele. Porque a nossa cama não é daqueles 3×5, sabe… gigantes… nada!!! Então, para mim o fato dele dormir no próprio quarto é realmente um grande avanço e foi conquistado aos pouquinhos, com muita paciência e muitas noites mal dormidas.

 

Bom falando em noites mal dormidas… Durante três anos dormi muito mal, por diversos motivos ligados diretamente à ele… tadinho né! Mas graças a Deus, sobrevivemos. Nesse ano, acordei pela primeira vez às 10 horas da manhã de um domingo. Claro que o papai ajudou né! Se não fosse por ele, isso nunca teria acontecido. Nunca mesmo… porque desde que eu me lembro o Cauê sempre acordou às 6h00, mais tardar foi às 08h00. Foi realmente um sonho realizado aquele dia… hahaha

 

Sem falar que ele já consegue se virar sozinho quando está com fome. Mexe e remexe no computador como ninguém. Está aprendendo a identificar algumas palavras e tentando entender as sílabas. Fala pelos cotovelos, faz perguntas frequentemente, é curioso, pergunta a mesma coisa 50 vezes…

 

Estamos em processo de algumas coisas ainda… e com certeza virão muitas outras coisas que enfrentaremos juntos…

Mas sem dúvidas, acompanhar o crescimento, desenvolvimento dele é um verdadeiro privilégio. Fazer parte dessa caminhada, das conquistas é muito bom! 🙂

 

E por aí, no que seus filhos já conseguiram a “independência”???

 

Beijos

Mãe do Cauê e da Catarina 🙂




Comente