Alguém???

Alguém, por favor, sabe me dizer onde fica o poço da paciência???

Please…

Alguém???

….

….

Sério, fiquei com inveja, confesso! Outro dia fui tomar café com meu filho e minha mãe e na cafeteria tinha uma família de trêss filhos, o mais velho com 3 anos, o do meio com 1 ano e pouquinho e a mais nova com 15 dias. Como é de se esperar, os dois mais velhos não paravam quietos, brincaram com o Cauê, foram na direção da rua e enquanto isso, pai e mãe se revezavam. Lindo! Admirável! A voz daquela mãe era serena, tranquila, pacífica. Dream of  family!

Tudo lindo, perfeito e harmônico.

Contudo… eu não sou assim, não faz parte da minha personalidade! #Fato!

Não sou hiperativa, mas não sou toda zen. Sou assim, extrovertida, elétrica, amável… mas não do tipo serena, sabe?!? E o Cauê, igual a mim. Sim, sim, sim!!!

E aí, conflito de personalidade iguais! Ha Ha Ha… Ferrou! Vou precisar do dobro de paciência… agora e sempre!

Não faço yoga, mas estou começando a cogitar a idéia, alguém faz???

Tá, eu não perco tanta paciência, principalmente porque eu identifiquei a personalidade dele cedo, sei que ele é tinhoso. Por isso, eu tento explicar, agora ele não entende tudo, mas daqui a pouco vai entender melhor, e vai começar a falar mais coisas também! Vai vir a fase que a medida que ele entende vai me encher de por quês e pra quês, e daí???

Aumenta a dose de paciência  aí doutor! E juro que quero que ele seja assim, questionador, curioso, observador…  essas coisas! Porque no fim das contas…

tudo passará!!!

Mãe do Cauê e da Catarina, esposa do Diogo Petermann. Casada há 11 anos. Apaixonada por brigadeiro de panela, pipoca e Grey’s Anatomy!
Comente